Bem-vindo ao Site Luar da Meia-noite.pt

O Cante alentejano Património cultural Imaterial da Humanidade

 

Cantiga
Ó Serpa, terra velhinha,
das muralhas enfeitada!
Guadalupe é padroeira
desta terra abençoada.
Tu tens as lindas gargantas,
dos cantares tu és rainha.
Das muralhas enfeitadas,
Ó Serpa, terra velhinha!
Moda
Toma lá amor
que te manda a prima!
Toma lá amor,
Toma lá amor
que te manda a prima!
Um cesto de abraços,
Um cesto, os meus braços
com beijos em cima!
Ó Serpa velhinha,
sempre te hei-de amar!
Tu tens o castelo,
Ele é o mais belo
deste Portugal!
Tu tens as muralhas,
que são as rainhas.
Sempre te hei-de amar,
de noite ao luar,
ó Serpa velhinha!